Login
Jesus Cristo

Para falar de Jesus é necessário imaginar um planeta com um governo central soberano e absoluto e que este soberano fosse Deus, e cada nação tivesse um governante regente absoluto sobre todos os estados e municípios, governantes e governados. Jesus é este príncipe regente que está sobre todos os governos e governados de Seu mundo. Um filho criativo de Deus que é soberano e governa ligado diretamente a Seu Pai o Criador de todas as coisas.

Jesus é também o Salvador de mundos e de Deuses em virtude de Sua atuação no Universo, onde o Senhor Maytréia e nosso Mestre conhecido como Samael Aun Weor, da testemunho:

"Quando os Elohim ou Dyanis gloriosos começaram a tecer no Tear de Deus, choraram de dor ao contemplar o ocaso da Luz Incriada, que parecia fundir-se num poente aterrador. (Referindo-se a percepção da queda de Lúcifer e os deuses do Paraíso.) Então Jesus Cristo, o Grande Paramarthasatya, atravessou o Dyani-Pasha e veio ao Jardim Cósmico salvar os Deuses cujas inumeráveis chispas virginais ou "Jivas" involuem e evoluem durante este Maha-Kalpa.

Eu Samael Aun Weor, fui testemunha de todas estas coisas. Eu vi quando o Grande Ser entrou no Santuário, e assinou um pacto de salvação para homens e se crucificou em Sua Cruz. Eu presenciei a aurora do Mahavantara e dou testemunha de todas estas coisas.

Mais tarde, o Mestre enviou Seu Buddha, ao amanhecer da Quarta Ronda, para que se preparasse neste vale de lágrimas. Esse Buddha é sua alma, chamada Jesus. "(Os Mistérios do Fogo, Pg. 58.)

Nosso Senhor Jesus o Cristo é o supremo comandante de nosso Universo. Respeitamos e amamostodas as religiões, Cristo não tem religião, assim como Deus. Até o oriente, com o Senhor Buda, quanto o Senhor Krishina dão testemunho Dele. "Assim, pois tudo que existe, tudo o que foi e o que será criado, vêm do Grande Alento, o Cristo Cósmico, Exército da Voz, cujo chefe Supremo é Jesus Cristo."

Jesus governa os mundos e por amor a humanidade encarnou na terra, um pequeno e longínquo planeta. Talvez seja por isso Suas palavras "...meu reino não é deste mundo", por certo Seu Reino vem de muito longe e está sobre mundos e mundos.

"O sacrifício já havia feito uma vez. O Chefe de todos os Cristos Cósmicos, Jesus de Nazaré, já lavou com Seu sangue todos os pecados de Santuário e assinou o pacto entre os homens e Kwan-Yin, o Exército da Voz, Vishnu, Osíris, o Grande Alento...." (Os Mistérios do Fogo, pg. 59)

Jesus nos libertou do erro que cometemos no passado e nos diz que a única condição para nossa salvação é apenas aceitarmos o perdão, e nos amarmos uns aos outros e a Deus, nosso Pai, sobre todas as coisas.

Em nosso livro, "O Poder de Perdão", falamos sobre Ele:

"Jesus, falando de forma muito simples, é um filho de Deus que tem Sua total Consciência. Veio à Terra para representar o Pai e como tal nos amou, nos perdoou e demonstrou que a morte não é o castigo maior. A morte não existe e isso Ele demonstrou com sua ressurreição. Deus só teve um filho, o Cristo e Ele é o Cristo encarnado. Cada um de nós é uma parte deste filho. Por isso Ele diz que o que fizermos por nossos irmãos é a Ele que fazemos, pois Ele está diluído em cada um de nós. O Cristo é esta substância que está em nós e que em sua totalidade forma o filho de Deus. Repito: Jesus é esta substância consciente, Ele é o Cristo. Sabe e disse que nós somos seus irmãos. O que nos difere de Jesus é que Ele é o Cristo consciente. Sabe que Deus só teve um filho e que este filho somos nós e nos ajuda a compreendermos isso. Ele é nosso irmão. Ele nos ensina que não há diferenças entre nós. Não há dois de nós. Somos somente um em vários corpos e a separação é impossível." Pois Deus é indivisível e todos nós somos Deus.

Jesus é um Ser de infinito amor e compaixão nunca visto em todo o Universo, nos ama e nos quer, e para tal não mede esforços para nos ajudar dando até Sua própria vida. Pede-nos para perdoar nossos irmão e esforçar-nos para vermos a todos como santos sem pecados e essa é a condição de perdoar. Não se perdoa porque alguém errou se perdoa porque não errou foi uma ilusão. Igual a nós no paraíso, não pecamos cremos que pecamos e nos afastamos de Deus e Ele nos ensina que não se peca contra Deus pois Ele é impecável e não se pode pecar contra Ele. É assim que devemos ver nossos irmãos. Nós como filhos de Deus não somos atingidos pelo erro de nosso irmão, por isso os perdoamos, não porque ele pecou contra nós, mas porque é impossível de atentar contra um filho de Deus. Então eu perdôo porque nada me fizeste.

Este é Jesus, o filho do carpinteiro e filho do Deus Altíssimo.

Libertador e condutor da humanidade.

O Senhor de todos os Santos, Mestres e Anjos e nosso irmão.

Enio Chiappetti

As páginas deste site são acompanhadas com músicas que elevam a consciência.