Login
Artigos Semanais
Porque Angel decidiu escrever sua história
02/04/2014

Angel decidiu contar sua história, porque entendeu que sua experiência podia ajudar a milhares de jovens e jovens que já viveram bastante, que apesar do tempo se mantém com uma mente aberta para aprender.

Entre o aprendizado de Angel está o de ensinar, como a única forma de aprender e como ele quer continuar aprendendo, também o influenciaram a escrever sua história. Isso de ensinar para aprender, diz respeito a todas as coisas é uma lei imutável do universo, amar para ser amado, dar para receber, curar para ser curado, etc. Descobriu que é um grande engano pegar para ter, forçar, roubar, etc., pedir que o ame sem amar e que não existe a verdadeira felicidade sem fazer os outros felizes. Essa descoberta mudou completamente a vida de Angel, lhe deu uma nova compreensão da vida e das leis que regem o universo.

Descobriu que não existe nada ao acaso, tudo tem um motivo de existir, um papel a cumprir, uma missão a executar. Aprendeu que não existem espaços vazios, que tudo está preenchido com a presença de uma Energia Inteligente e Consciente. Esta Energia foi mal interpretada pelas religiões, que a chamaram de Deus, e o transformaram em um ser que ajuda uns e castiga os outros e que na ignorância do passado, os religiosos faziam sacrifícios para agradarem a este ser que era o dono da vida e assim nasceu o medo de ser castigado por Deus e cresceu o poder das religiões. Em algumas religiões, os sacrifícios iam desde um animal, até o caso de culturas mais degeneradas, sacrifícios humanos. Foi assim que entrou o medo nas pessoas, medo de sofrer, medo da morte, medo de Deus.

Angel aprendeu que esse deus das religiões, como um ser, não existe. Aquele que dá a vida, em realidade se traduz em vida, é essa Energia Consciente que vai se transformando em tudo o que existe e por aprender isso é que Angel criou uma frase para definir Deus que é assim: "Deus é a vida, onde tem vida tem Deus, onde tem Deus ali há vida". Aprendeu que Deus está dentro das pessoas em forma de energia que cura, nutre, harmoniza, equilibra, regenera, dentro de uma ordem que preserva a vida e que Ele está em Sua Fonte além da vida e que portanto não existe morte, já que somos parte de Deus.

Deus está na defesa imunológica, quando seu corpo é atacado por um vírus ou bactéria, na febre que cura o processo infeccioso, no estancamento do sangue quando tem um corte e da início a cicatrização, na inteligência de seu corpo nas necessidades fisiológica de expelir as secreções, bem como a fome e a digestão. Tudo isso e muito mais, Deus faz em nós e através de nos sem que nos apercebermos . Você não pensa que tem que comer, a Energia Inteligente de Deus te avisa, não precisa se lembrar a cada segundo que tem que respirar piscar os olhos etc., a Energia Inteligente de Deus faz para ti preservando sua vida na integridade e ainda há pessoas que não crê em Deus.

Ainda bem que Deus é amor e compreende suas criaturinhas e as perdoa, pois se Deus fosse um homem e desse tudo isso e ainda assim o ignorassem, por certo punha um fim na vida. Pobre ateu que não crê neles mesmos, pois se neles crescem, creriam em Deus uma vez que é o que são, esse Deus personificado.

Aprendeu Angel que não existe castigo, tudo é uma causa e efeito, Deus não se intromete na vida das pessoas e que os castigos são na verdade atitudes equivocadas e que suas conseqüências é a dor. Aprendeu que não somos um corpo e sim um espírito eterno e imutável, que habita um corpo. Por isso que quando dormia, se via em outros lugares, lugares que ele com seu corpo físico nunca estivera. Descobriu que aquele dos sonhos era ele fora de seu corpo e que quando a morte física chegasse, ele continuaria a viver com aquele corpo que se chama alma, até voltar a habitar em outro corpo até haver aprendido e ensinado tudo o que deveria, para ir morar em outros mundos muito mais evoluídos e que as pessoas que amamos de verdade, nos acompanham nesta caminhada eterna.

Tudo isso Angel aprendeu e por considerar isso muito importante para o nosso relacionamento, com nós mesmos, com nossos semelhantes e com Deus, que é a vida, é que ele decidiu escrever este livro. E claro, também quer continuar aprendendo, mas se ele não ensinasse aos outro o que havia aprendido até ali, não continuaria suas descobertas e ele sabia que havia muito que aprender e não queria parar.

Só o fato de ter aprendido de como nasceu às religiões e de porque do medo da morte e o de sofrer, já era motivo mais que suficiente dele continuar suas descobertas, principalmente agora que sabia que Deus está também dentro dele, embora estivesse em toda parte, o impulsionavam a escrever. Essa busca de como se relacionar com a Energia Criadora, tinha que continuar até que ele e Deus fossem a mesma coisa. Então vamos conhecer a história de Angel?

Do futuro livro do Professor Enio Chiappetti

"A História de Angel"

Data
Artigos
As páginas deste site são acompanhadas com músicas que elevam a consciência.