Login
Artigos Semanais
Os Perigos do Esoterismo Parte I
04/09/2013

Dentro da busca espiritual existem muitos caminhos, uns são caminhos de fé dentro de uma religiosidade, outros de práticas ritualísticas, invocação de poder, de luz e existem entre tantos outros os de invocação místicos em geral. Na ânsia de encontrar a luz, o despertar da consciência, muitos esoteristas fazem invocações e práticas com elementais, sem o preparo necessário para lidar com esse mundo místico e o resultado muitas vezes é catastrófico.

Vemos com freqüência irmãos da espiritualidade, após atingirem grandes resultados com seus grupos de estudos, serem destruídos sem uma explicação aparente. Em outros casos os estudantes começam a ter percepções dos mundos internos e acaba influenciando o líder, com suas orientações fantasiosas e na maioria dos casos, manipulada por espíritos interesseiros e maldosos que não querem outra coisa que ver a perdição dos caminhantes da luz.

Para quem conhece as provas de Apolônio, sabe que há quinta hora é a prova da sutileza e nesta prova cai quase todos os iniciados quando começam a perceber visões dos mundos sutis. É ali que surge uma estudante jovem e bonita, a mais destacada e dedicada como pedra de tropeço. Normalmente fala de visões sobre vidas passadas e de espíritos que as orientam dizendo que foi esposa do líder e foram atacados, prejudicados e por tanto nesta vida devem retomar os trabalhos para concluir a obra.

O professor, líder espiritual começa a morder a isca. Dedicou muitos anos à espiritualidade, jamais pensaria que sua melhor aluna, com toda sua capacidade de percepção pudesse estar enganada. Em verdade manipulada por forças destrutivas.

Agora imagina o que não dizem, por intermédio dessa estudante ou de outros, a um dirigente espiritual bem intencionado, trabalhando nas forças Crísticas. "Olha me foi dito que você foi à encarnação de fulano, (Sempre os maiores seres que já existiram, todos os casos que conheci foram o rei Arthur, se isso fosse verdade, ele teve mais de mil encarnações), que não tem que se submeter a esse tipo de disciplina e que chegou a hora de recolher seus frutos de tantas reencarnações sofridas.

Esta história tem se repetido no mundo da espiritualidade e para que conheçam um pouco como funcionam estas forças malignas, vou transcrever uma entrevista, concebida por um mestre da luz a uma iniciada.

Embora as forças Crísticas sejam mais poderosas, "o problema não depende disso e sim dos espíritos encarnados, do ser humano. Não se esqueça de que se trata de uma luta de influências sobre a mente humana e é o Homem que escolhe seus amigos. Essa luta tem também seu lado técnico, que é a psique, a energia emitida. Conforme é a energia emitida pelos seres humanos ele atrai uma influência ou outra. O ser humano, cuja tônica é a animalidade, o orgulho, o intelectualismo materializado, atrai esse tipo de espíritos e se submete inconscientemente aos seus planos. Já o Homem cristianizado, cuja tônica seja a do amor ao próximo, a tolerância, a humildade, esse emite um energia psíquica fina, fora do alcance desse tipo de espíritos. (Nesses casos, utilizam seres encarnados com a psique distorcida para atingi-lo) Na claridade, na composição molecular desse fluido se entrosam espíritos de Luz, construtivos e criadores ou dominadores e destrutivos.

É isso que decide os destinos (Da terra) se predominam os homens de boa vontade, a situação é de progresso, de paz. Se ao contrário, temos a guerra. Por aí você percebe também que ajudar no progresso, no bem de um país ou qualquer grupo humano, não depende somente da posição social, da força econômica ou qualquer outra. "Depende muito mais da força espiritual, da honestidade individual, do cuidado do ser humano com sua maneira de ser".

Enio Chiappetti

Data
Artigos
As páginas deste site são acompanhadas com músicas que elevam a consciência.