Login
Artigos Semanais
Como era a fé e o relacionamento de Jesus com o Pai
19/12/2012

Ensinou-nos com isso que aquele que confia de forma consciente no Pai, por mais que pareça impossível a situação, no final tudo dará certo. E tudo dará, porque a vontade do Pai não é outra coisa que a vontade "maior" do próprio filho.
Com essa forma, esse método ou filosofia, cai por terra todo o egoísmo, tirania, despotismo. Cessa as guerras, humaniza os homens e diviniza o espírito. Viver como Jesus viveu e saber o que Ele ensinou, transforma a terra num paraíso ou no "Reino de Meu Pai".

A fé de Jesus, em muito se assemelhou à confiança que a criança tem na segurança no seu meio ambiente terreno. Ele dependeu do Pai celeste, tal uma criança se apóia no seu pai terreno, e a sua fé fervorosa nunca, nem por um momento, duvidou da certeza de que o Pai celeste velava por Ele. Ele não se perturbava seriamente com temores, dúvidas e ceticismos. A descrença não inibiu a expressão livre e original da sua vida. Ele combinou a coragem sólida e inteligente de um homem amadurecido com o otimismo sincero e crente de uma criança confiante. A sua fé cresceu, alcançando um nível tão elevado de confiança que era desprovida de temores.

Para Jesus, os soberbos, orgulhosos, prepotentes, estavam muito distantes da verdade e do Reino eterno, por isso dizia, "Se não vos tornardes como crianças", quer dizer puras, boas, mansas, não entrareis no Reino.
Não obstante a fé de Jesus ser como a de uma criança, não era infantil em nenhum sentido.

É necessária uma "vontade forte e uma confiança firme" para acreditar no que Jesus acreditava, porque desfez tudo o que estava feito e compreendido em relação dos filhos com Deus. Derrubou com todos os conceitos de religião e religiosidade dando uma compreensão nova e real do irreal ou imperceptível.

Por que insistimos, no modelo criado pelas criaturas caídas e que perderam o vínculo com o Dador de vida e que é a vida mesmo que palpita dentro de todo ser vivo? Por que insistimos com o que não deu certo e continua a não dar? Basta olhar o mundo e constatar. Os ensinamentos de Jesus é o ensinamento Daquele que criou a vida e sabe como ela é valiosa e de como funciona. É a luz chegando onde reina a escuridão, porque ali se apagou a luz, pois a escuridão simplesmente é isso, ausência de luz. Jesus é essa Luz, a luz mesma da vida, da sabedoria, de entendimento, da existência e porque não seguir essa luz e encontrar o Reino Eterno que é a origem e o fim de todas as criaturas. A morada Eterna de onde nunca deveríamos ter saído. Se for necessário sermos corajosos, pois sejamos. Não necessitamos seguir padrões pré estabelecidos, seguimos nosso coração que nele está à luz do Cristo que nos guiará.

Texto extraído do Livro "A Vida na Terra e a Trajetória Humana"
De Enio Chiappetti

Data
Artigos
As páginas deste site são acompanhadas com músicas que elevam a consciência.